Design de Interiores




O Curso


O curso tem o objetivo de formar um profissional capacitado a atender a demanda do mercado de trabalho, com  competência no ato de projetar, especificar, orientar e conduzir trabalhos na esfera profissional, tendo uma visão ética e fundamental para o exercício da profissão no mundo competitivo de hoje. O curso também tem por objetivo formar profissional com o papel de agente social, promotor de melhoria da qualidade de vida das pessoas, atento às tendências do comportamento, culturais, estéticas, tecnológicas e econômicas da comunidade, além de contribuir para o desenvolvimento técnico e cultural da área.

Perfil e atuação profissional

Possibilita uma atuação profissional ampla e abrangente. O perfil do designer de interiores é de um profissional ético, com competências na elaboração de projetos de design de interiores de espaços residenciais, comerciais e institucionais, desenvolvendo produtos, mas visando sempre a estética, funcionalidade, eficiência, segurança, saúde e o conforto, sem deixar de lado a busca de novas tecnologias. Dentro das atribuições deste profissional está a pesquisa, o estudo de temas e conceitos, a especificação de produtos, mobiliários, materiais e equipamentos, e o desenvolvimento de orçamentos e memoriais, satisfazendo da melhor forma o cliente e acompanhando a execução do projeto.

O mercado de trabalho 

O designer de interiores pode atuar como profissional liberal, que se dedica a projetos, pesquisas e desenvolvimento de produtos ou trabalhar juntamente a empresas e escritórios de Arquitetura, Design ou áreas afins. Também pode trabalhar em lojas, empresas privadas ou públicas.

O mercado de trabalho está em expansão, considerando que o profissional está vinculado ao mercado imobiliário e a construção civil que está em franco desenvolvimento.

Após concluir o curso, o egresso poderá buscar qualificação profissional cursando pós-graduação em áreas afins. A área da Educação também pode ser vislumbrada na pós-graduação possibilitando a carreira acadêmica.

Diferenciais 

O curso é pioneiro no Rio Grande do Sul. Iniciou no ano de 2002 e foi reconhecido pelo MEC em outubro de 2007.

É um curso de nível superior de curta duração que direciona o aluno para o mercado de trabalho. Durante o curso é estimulado o relacionamento dos alunos com empresas, feiras, exposições, museus e palestras sobre Design de Interiores e áreas afins. É feito através de saídas de campo e aulas ministradas em empresas do ramo. Além disso, a matriz curricular vislumbra disciplinas que estimulam a formação cultural dos alunos, especialmente na área Artística e Humana, já que os projetos são direcionados para a satisfação e bem-estar das pessoas.

Algumas disciplinas do curso de Design de Interiores são compartilhadas com os cursos de graduação em Design e Arquitetura e Urbanismo, criando uma relação de parceria entre os futuros profissionais. 

Aspectos legais

O curso Superior de Tecnologia em Design de Interiores da ULBRA, campus Canoas, recebeu a Comissão de Avaliação do MEC/INEP em junho de 2007, e teve reconhecimento no mesmo ano, pela portaria nº 514 do Ministério da Educação, de 28 de setembro de 2007, publicada no Diário Oficial da União de 01 de outubro de 2007.

Tempo padrão de integralização curricular e turnos de funcionamento do curso 

A carga horária do curso é de 1768 horas/aula, correspondendo a 104 créditos. Há um total de vinte e seis disciplinas divididas em cinco semestres, dentro de uma sequência recomendada de estudos. O curso é ofertado no turno da manhã, de segunda a sábado. Há a possibilidade de cursar algumas disciplinas também nos turnos tarde e noite.

Matriz Curricular

A matriz curricular do curso atende as novas diretrizes da Universidade e as diretrizes do MEC, integrando-se com os outros cursos de áreas afins. Além disso, procura se adequar ao perfil do aluno ingressante e as exigências do mercado de trabalho, com a preocupação de atualização constante que o bom profissional necessita.

Conteúdos Básicos do Curso Superior de Tecnologia em Design de Interiores:
Estudo da história da arte, da Arquitetura e especificamente do Design de Interiores; pesquisa de tendências de comportamento e do mercado em materiais, cores, formas, texturas e acabamentos em geral; A representação gráfica em plantas baixas, cortes, vistas, croquis e perspectivas dos projetos de Design de Interiores; Definições de ocupações e fluxos dos espaços, ergonomia e mobiliários; A análise de viabilidade socioeconômica, cultural e da funcionalidade do projeto e do espaço proposto, residencial, comercial e institucional, tendo em vista as possibilidades temáticas e conceituais de cada trabalho.

Superior de Tecnologia em
Design de Interiores
Campus Canoas
Av. Farroupilha, 8001 · Prédio 14, sala 122
Bairro São José · Canoas/RS · Cep 92425-900
Fone: (51) 3477.9187
E-mail: cstinteriores.canoas@ulbra.br