Página Inicial » Extensão » Projetos Comunitários » Educação Matemática e Ludicidade

Educação Matemática e Ludicidade

Considerando a natureza deste projeto, ele tem dois tipos de objetivos: Comunitários e Acadêmicos. Esses objetivos são, respectivamente: estimular o exercício da não violência para a resolução de conflitos, promover a discussão sobre a igualdade racial e de gênero junto a estudantes de Canoas/RS, possibilitar a reflexão sobre a superação do preconceito e da discriminação racial e de gênero, e estimular a atuação dos jovens como multiplicadores destas informações em suas comunidades e famílias; já os objetivos acadêmicos são aprofundar a reflexão teórica sobre a promoção da igualdade racial e de gênero em contextos escolares; refletir sobre a atuação de profissionais de diversas áreas no âmbito escolar, desenvolver competências e habilidade técnicas, teóricas e políticas dos estudantes voluntários para que possam atuar no trato às questões de gênero e raça/etnia e promover a sensibilização de estudantes de voluntários, bem como dos profissionais inseridos na escola sobre as temáticas abordadas pelo projeto.

A metodologia de implantação do projeto tem passado por constantes revisões e atualizações, todas pautadas nas experiências e reflexões construídas pelo grupo de alunos voluntários participantes a cada semestre. Estamos aprimorando a metodologia, com o aprofundamento dos temas envolvidos e o desenvolvimento de atividades que possibilitem 2 a 3 momentos reflexivos com cada turma contemplada. O público-alvo também tem sido expandido, sendo que, em 2018/2, o público foi composto por estudantes dos ensinos fundamental e médio, das escolas da rede municipal e estadual, nas cidades de origem dos alunos dos pólos Ulbra EAD. Tais experiências demonstram as possibilidades de expansão do público atendido pelo projeto.

As abordagens são sempre realizadas de forma coletiva junto aos usuários (jovens, público-alvo), estimulando o trabalho e atuação em grupo entre os alunos voluntários para o planejamento das ações. No semestre de 2018-2, recebemos muitos professores das redes municipal e estadual interessados em participar do projeto como voluntários, demonstrando que estão buscando instrumentalização para uma melhor atuação em salas de aula, com vistas ao respeito aos diretos humanos.

Os principais resultados observados durante a intervenção referem-se ao potencial que a sala de aula tem para discussão e reflexão junto ao público jovem. A proposta de trabalho interdisciplinar do projeto possibilita a interação de diferentes áreas na produção de novas formas de atuar no âmbito escolar.
Cabe destacar a relevância social desta proposta, que vai ao encontro da comunidade do entorno da Universidade, para dialogar e buscar respostas, contribuindo para seu desenvolvimento. A relevância acadêmica também se destaca, sobretudo pela possibilidade de atuação em grupos de trabalho interdisciplinar, com vistas à garantia de direitos da população.

Educação a Distância (EAD) - Av. Farroupilha, 8001 · Prédio 11, 2º andar, corredor central · Bairro São José · Canoas/RS · CEP 92425-900
Telefone: 0800.051.4131 · E-mail: