Educação Física




Atividades de Pesquisa


 
Pesquisa do Curso 2009

Registros de Dança
Resumo: Esta pesquisa visa fomentar a linha de pesquisa Dança e Memória, do grupo de pesquisa Dança: cultura, criação, educação e memória, registrado no CNPq, da qual a pesquisadora é líder. Desenvolve um trabalho iniciado no projeto de pesquisa do ano anterior intitulado Memória da Dança Teatral Gaúcha, que investigou a trajetória da Cia Terpsí Teatro de Dança. Neste ano, esta pesquisa busca registrar outros nomes da cena teatral gaúcha. Sendo assim, mapear a produção artística relevante do grupo/coreógrafo, criando, dentro dos recursos e registros existentes, um banco de dados audiovisual; identificar a formação e as principais influências do trabalho do grupo/ coreógrafo; trazer aspectos sobre os processos de criação de obras mais relevantes, registrando outras questões como colaboradores, escolhas musicais, elementos cênicos, críticas de época, etc.; e traçar ao longo da investigação dos registros considerações sobre o panorama histórico da cena de dança teatral do Rio Grande do Sul e seus sistemas de pensamento, são alguns dos focos possíveis colocados por este trabalho. É um estudo descritivo, com saídas de campo, e análise qualitativa, que busca um equilíbrio entre recursos primários e secundários. A entrevista direta com a personalidade estudada e sua obra são um recurso primário, que vieram a existir durante o período sendo estudado e portanto provém um material original. Os recursos secundários acontecem depois do evento já ter ocorrido, como a questão de alguns artistas que não deixam registros, sendo o único meio de acesso às suas idéias o que outros escreveram e contam sobre eles. A pesquisa se identifica com o que tem-se chamado de Nova História, isto é, uma nova forma de visualizar a história escrita. Diferente do paradigma tradicional de fazer história, que pode ser visto como uma visão do senso comum, influenciada mais pela política nacional e internacional do que local, e por uma visão de cima de grandes homens e grandes feitos, a Nova História considera o olhar particular. Na história tradicional os documentos são geralmente registros oficiais que expressam o ponto de vista oficial e a grande ênfase na objetividade vem sempre embebido de pré-concepções associadas a cor, credo, classe ou sexo. A Nova História propõe que, ao invés de ver este paradigma como a maneira de se fazer história, este deve ser percebido como uma dentre várias abordagens percebidas possíveis do passado. Sendo assim, esta pesquisa quer informar futuras gerações sobre a dança gaúcha. Não busca estabelecer a verdade absoluta ou esgotar tudo sobre determinada pessoa ou grupo, apenas organizar dados de forma a oferecer ao leitor um ponto de vista.

Palavras-chave: Dança; História; Rio Grande do Sul.
Pesquisador Responsável: Flavia Pilla do Valle
Contato: favalle@terra.com.br

Estudo dos forames nutrícios e aspectos morfométricos de ossos longos de indivíduos adultos do sul do Brasil
Resumo: Os forames nutrícios (FN) são orifícios que conduzem as artérias nutrícias e os nervos periféricos. O número de forames existentes em um osso não parece ter nenhuma relação significativa com o comprimento do mesmo e nem com o número de centros de ossificação. A maior parte do suprimento sangüíneo dos ossos longos origina-se das artérias nutrícias, especialmente durante o período de crescimento e durante as fases iniciais de ossificação. Na infância, os ossos longos recebem em torno de 80% do suprimento sangüíneo interósseo das artérias nutrícias e nos casos de ausência das mesmas, a vascularização é feita pelos vasos periósteos. No enxerto ósseo, o suprimento sangüíneo nutrício é de extrema importância devendo ser preservado para promover o reparo da fratura através da atividade de osteócitos e osteoblastos. Além disto, a presença de fluxo sangüíneo nutrício preservado é essencial para a sobrevivência de osteócitos em casos de ressecção de tumores, traumas e pseudoartrose congênita. Atualmente, o estudo detalhado da irrigação sangüínea dos osso longos é fator determinante para o sucesso de novas técnicas de transplantes e ressecções em ortopedia. Estudos sobre a vascularização de ossos longos em diversas populações foram realizados em relação à morfometria dos forames nutrícios, ao suprimento sangüíneo nutrício e à anatomia vascular em cirurgias reconstrutivas. Apesar de numerosos, estudos sobre localização e incidência de FN, dados permanecem controversos ou ausentes na literatura didática básica. Este estudo registrará dados relativos à população da região sul do Brasil, proporcionando comparações de dados étnicos. A aquisição de registros morfométricos relacionados à etnias pode auxiliar na interpretação de exames radiológicos como tomografia computadorizada e ressonância magnética. O estudo permitirá a realização do levantamento, registro e classificação do material ósseo do Laboratório de Anatomia Humana da Universidade Luterana do Brasil - Ulbra, Canoas.

Palavras-chave: Forames Nutrícios; Morfometria; Ossos Longos; População Brasileira.
Pesquisador Responsável: Paulo Tadeu Campos Lopes
Contato: pclopes@ulbra.br

Habilidades sociais de idosos da cidade de Canoas, RS
Resumo: A qualidade de vida dos seres humanos é tema de muitos congressos, seminários e de discussões na área da saúde em todo o mundo. Por outro prisma, manter o ser humano vivo e com qualidade de vida é uma preocupação da Organização Mundial da Saúde, neste sentido, a OMS reuniu especialistas de várias partes do mundo, que definiram qualidade de vida como "a percepção do indivíduo de sua posição na vida no contexto da cultura e sistema de valores nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações" (The WHOQOL Group, 1995). Para Fleck (2000) é um conceito amplo que abrange a complexidade do construto e inter-relaciona o meio ambiente com aspectos físicos, psicológicos, nível de independência, relações sociais e crenças pessoais. Neste sentido, as relações interpessoais apresentam-se como base no ser humano em relação ao convívio social, neste prisma têm sido objeto de muitos estudos despertando o interesse em diversas áreas do conhecimento. Acredita-se que o desempenho social nos tempos atuais seja um fator importantíssimo em questões ligadas ao desenvolvimento de atividades laborais. Alguns autores diferenciam as habilidades sociais de competência social como, por exemplo, (Hops, 1983; McFall, 1982) estes utilizam o termo habilidades sociais em um sentido descritivo, geralmente no plural, para designar as classes de comportamentos abertos e encobertos do repertório do indivíduo, relacionados ao desempenho social; e outros autores não diferenciam como (Caballo, 1993) citados por Del Prette & Del Prette (2006). A indicação de competência social tem um sentido avaliativo e é empregada para qualificar o nível de proficiência ou funcionamento do desempenho social, resultante da articulação dessas diferentes dimensões conforme Del Prette & Del Prette (2001). O treinamento das habilidades sociais segundo alguns autores da pós-modernidade apresentam como um dos mais úteis e rendosos movimentos da Psicologia nas últimas décadas. Por meio de apresentar uma forma distinta do treinamento assertivo o treinamento de habilidades sociais ganhou outras denominações entre elas: Structured learning therapy( Goldstein, 1973); Emotional expressiveness (Lazarus, 1977); Personal effectiveness (liberrman, King, DeRisi& McCann, 1975). A análise de Hargie, Saunders e dickson (1994) citado por Silva e col. (2006) apresenta que, mesmo antes de haver o mínimo de consenso sobre as principais classes de assertividade, o treinamento de habilidades sociais já havia se estruturado como um método para treinamento de um conjunto de classes de habilidades sociais, algumas das quais podendo ser entendidas como assertivas. Da Inglaterra, a proposta do treinamento propagou aos Estados Unidos e Canadá, neste sentido, possibilitou uma rápida divulgação em outros países de língua inglesa como, por exemplo, a Austrália. A Espanha e Portugal também despertaram o interesse pela análise do comportamento e pela terapia comportamental-cognitiva. Na década de 80 vários autores apontam uma maior abrangência do treinamento de habilidade social e a partir dessa visão maior da proposta e aceitação em vários países do mundo, o Brasil também aceita o desafio. Na década de 90 pode-se perceber na literatura um aumento do volume de materiais publicados na área apresentando conseqüentemente um maior número de estudiosos na área o que não ocorria em anos anteriores, ou seja, a proposta de estudar as habilidades sociais ainda estava restrita a poucos pesquisadores. Esta análise da produção científica no Brasil é importante para que tenhamos conhecimento das características, tendências ou lacunas que possam possibilitar novos encaminhamentos de pesquisa. Através destas informações preliminares acima citadas, pode-se perceber que estudar a população universitária ficou mais freqüente em estudos apresentados no Brasil, neste sentido o presente estudo busca encontrar respostas para o seguinte questionamento? Quais habilidades sociais apresentadas pelos idosos moradores da cidade de Canoas? O presente estudo será descritivo de cunho qualitativo e quantitativo. A população será de residentes da cidade de Canoas composta por uma amostra de idosos com idade de 60 anos ou acima (fase de terceira idade) socialmente ativos (300 idosos) praticantes de atividade física do Projeto de Extensão CEAFE do curso de Educação Física da Ulbra (programa de hidroginástica) e grupos de convivências da cidade. A amostra será por acessibilidade. O instrumento utilizado será o inventário de Del Prette & Del Prette (2001). Será aplicado o questionário individualmente a cada idoso por um acadêmico treinado do curso de Educação Física da Ulbra. Será realizado um treinamento com 25 acadêmicos do curso de Educação Física da Ulbra com as devidas orientações quanto a aplicação do instrumento aos grupos. Será aplicado um termo de consentimento individual, em conjunto com o instrumento, onde os avaliados serão informados do sigilo das informações prestadas e apresentarão a autorização das informações para cunho científico. A amostra será composta de acordo com as características anteriormente mencionadas (grupos). Os questionários serão aplicados após serem aprovados pelo comitê de ética. A análise dos dados será a partir de estatística descritiva, no programa SPSS (10.0).

Pesquisador Responsável: Doralice Orrigo da Cunha
Contato: doranatacao@hotmail.com

Uma comparação sobre a atitude em relação a seu corpo entre alunos da ULBRA e familiares, que praticam e não atividade física

Resumo: Por ser a atitude corporal negativa do ser humano um componente principal e preditor de vários problemas de saúde como a depressão, obesidade, transtornos dismórficos e distúrbios alimentares (AMERICAN PSYCHOLOGICAL ASSOCIATION - APA, 1994; STICE, 2002), é importante examinar seus antecedentes e consequências. Esta informação poderá ajudar no desenvolvimento de intervenções para redução de transtornos da imagem corporal das pessoas. A atividade física é um fator que pode interferir na autopercepção corporal do ser humano. O estudo objetiva verificar se existe diferença em relação à atitude sobre seu corpo, entre adolescentes e adultos jovens universitários, praticantes de atividade física e sedentários. A amostra aleatória será composta por 3% dos alunos adolescentes (18 a 24 anos) e adultos jovens (25 a 40 anos), de cada sexo, de cursos da área da Saúde (Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Serviço Social e Biologia) e seus familiares (adultos médios e idosos, 41 a 80 anos) do Campus Canoas da Ulbra no ano de 2009. O instrumento de medida será o Teste de Atitude com o Corpo - TAC (PROBST et al., 1995), adaptado para o idioma português e validado por reprodutibilidade por Becker Júnior (2006). Os dados serão tratados através do pacote estatístico SPSS, comparando os resultados entre os grupos, através de uma análise de variância (ANOVA one-way) e do teste "t" de "Student". Aos participantes será apresentado o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido - TCLE.

Palavras-chave: Adolescente; Adultos jovens; Adultos médios; Insatisfação corporal.
Pesquisador Responsável: Benno Becker Júnior
Contato: bennojr.voy@terra.com.br

Controle do desempenho físico através de avaliação bioquímica e metabólica em atletas de futebol
Pesquisador Responsável: Luiz Antonio Barcellos Crescente e Osvaldo Donizete Siqueira
Contato: famcrescente@uol.com.br ou odonizete@gamil.com

Estudo comparativo da performance desportiva em jovens futebolistas - escolas recreativas e competitivas
Pesquisador Responsável: Luiz Antonio Barcellos Crescente e Osvaldo Donizete Siqueira
Contato: famcrescente@uol.com.br ou odonizete@gamil.com

Influência de variáveis ambientais, atividade física e interação social sobre respostas relacionadas à ansiedade em diferentes fases da vida
Pesquisador Responsável: Ana Maria Pujol Vieira dos Santos; Benno Becker Júnior; Isabel Amaral Martins Fossati; Paulo Tadeu Lopes
Contato: anapujol@ulbra.br; bennojr.voy@terra.com.br;doranatacao@hotmail.com;isabel_namaste@yahoo.com.br;pclopes@ulbra.br;

Mapeamento dos programas e projetos governamentais e não-governamentais de inclusão social através do esporte e do lazer nos municípios de Ijuí, Porto Alegre e Santa Maria/RS.
Pesquisador Responsável: Antonio Luis Carvalho de Freitas e Jose Geraldo Damico
Contato: aluiscf@ibest.com.br; zdamico@yahoo.com.br

Pesquisa do Curso 2008

Memória da Dança Teatral Gaúcha
Resumo: A dança teatral compreende as formas artísticas de dança que tem como propósito apresentar-se para a apreciação de um público. O presente estudo busca investigar personalidade(s) e/ou grupo(s) de dança que tem ou tiveram inserção na comunidade artística gaúcha, traçando considerações sobre o panorama histórico da dança teatral do Rio Grande do Sul. Há vários propósitos para a realização de um estudo histórico. Pode ser para reconstrução de uma dança, para prover informação para uma produção, para escrever uma dissertação e para ganhar conhecimento e entendimento sobre uma época ou situação.
Seja qual for o propósito das informações, as histórias de dança mostram com ênfase a história européia e americana, e quando citam o Brasil referem-se somente a Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. Faz pouco tempo que o Rio Grande do Sul tem se preocupado com sua história, parte devido à criação dos cursos superiores de dança que fomentam uma classe intelectual formada por alunos e professores. Esta pesquisa surge e urge da real preocupação com a investigação científica dos fatos e personalidades locais. Visa suprir uma demanda na região por preservação da memória da dança, criando oportunidades que futuras gerações tenham possibilidades de acessar este conhecimento. É um estudo descritivo, com saídas de campo, e análise qualitativa, que busca um equilíbrio entre recursos primários e secundários. A entrevista direta com a personalidade estudada e sua obra são um recurso primário, que vieram a existir durante o período sendo estudado e, portanto provém um material original. Alguns artistas, entretanto, não deixam registros, sendo o único meio de acesso às suas idéias o que outros escreveram e contam sobre elas. Estes são chamados de recursos secundários que acontecem depois do evento já ter ocorrido. A dança é uma arte efêmera, isto é, no momento em que ela se realiza ela também se desfaz, só ficando presente na memória de quem teve a oportunidade de presenciá-la. A dança é diferente das artes visuais tradicionais que uma vez feitas ficam imortalizadas e preservadas nos museus. Preservar a memória da dança e conhecer suas raízes, através de um estudo histórico, é importante para sua valorização, memória, cultura e formação de uma identidade cultural forte de dança no Estado. As raízes culturais são responsáveis diretas na influência da cena da dança teatral do presente e do futuro.

Palavras-chave: Dança no Rio Grande do Sul; História da Dança; Memória Gaúcha de Dança.
Pesquisador Responsável: Flavia Pilla do Valle
Contato: favalle@terra.com.br

Avaliação do Equilíbrio Corporal, dos Níveis de Depressão e da Audição de Idosos Praticantes de Atividade Física
Resumo: Tendo em vista o aumento mundial da expectativa de vida, cresce a preocupação em melhorar a qualidade de vida das pessoas idosas, tornando-as independentes e ativas nas sociedades em que vivem. Estudos apontam perda auditiva como um dos fatores relacionados com a redução do equilíbrio corporal e com o aumento da incidência de quedas. Atualmente, muitos idosos mantêm-se ativos e muitos realizam atividades físicas sistemáticas, enquanto outros se tornam cada vez mais inativos, sofrendo cada vez mais com as perdas conseqüentes do envelhecimento. Tem sido comprovado que a prática regular de exercício físico consiste em um tratamento eficaz na melhora da capacidade funcional de indivíduos com idade avançada, sendo assim, sua ação preventiva tem importante implicação no que diz respeito à saúde por reduzir a probabilidade de doenças, incapacidades, e mortalidade desta população (MANCINI et al, 1991 apud LIMA, 2005). Já se sabe que a perda da flexibilidade e da força são as principais variáveis motoras relacionadas às maiores limitações das AVDs e aos altos índices de quedas registrados desta população, pela diminuição ou perda da mobilidade (JACOB FILHO, 2006). Desta forma, pretende-se avaliar a função auditiva, os índices de equilíbrio e os níveis de depressão entre dois grupos de indivíduos idosos: praticantes e não-praticantes de atividade física regular.

Pesquisador Responsável: Cintia De La Rocha Freitas
Contato: cintiadelarocha@ig.com.br

Monitorização Metabólica e Bioquímica do Desempenho Físico em Atletas de Futebol
Resumo: O objetivo do estudo é acompanhar o desempenho físico de atletas de futebol através de avaliações metabólicas e bioquímicas regulares. A pesquisa será descritiva longitudinal e utilizará atletas de futebol profissional (18 a 30 anos) e atletas de futebol amador (15 a 20 anos) das equipes do Sport Club Internacional e do Sport Club ULBRA. A investigação monitorizará as alterações bioquímicas e adaptações metabólicas que ocorrerão durante o período de coleta. As alterações bioquímicas serão acompanhadas pela produção de uréia, creatinoquinase - CK, cortisol e testosterona. E as adaptações metabólicas por: Capacidade anaeróbia, limiar aeróbio-anaeróbio (LAn) e velocidade máxima aeróbia (VAM). A coleta será realizada no período regular de treino e será realizada por profissionais com treinamento adequado, utilizando o Laboratório de Fisiologia e Medicina Desportiva - LAFIMED do curso de Educação Física da ULBRA e equipamentos do Sport Club Internacional. Os exames bioquímicos de cortisol e testosterona serão realizados e analisados por laboratórios de análises credenciados e os exames de uréia e CK com o uso de equipamento portátil e determinados no momento da coleta. A avaliação metabólica será realizada através de dois testes em esteira rolante. Um, medirá a capacidade anaeróbia e o outro, com coleta de lactato, medirá a LAn e a VAM. A análise final será realizada pelos professores responsáveis. Os dados serão analisados por estatística descritiva além de comparados por estatística inferencial (p < 0,05).

Palavras-chave: Alterações Bioquímicas, Adaptações Metabólicas, Futebol.
Pesquisador Responsável: Luiz Antonio Barcellos Crescente
Contato: famcrescente@uol.com.br

Estrutura da Performance Desportiva - Estudo Referenciado a Jovens Futebolistas de Escolas Recreativas (ULBRA) e Escolas Competitivas
Resumo: Tendo em vista as características específicas referentes às diversas modalidades esportivas, sabe-se da importância de estudos que procuram descrever e evidenciar as variáveis relacionadas à performance desportiva. O presente estudo tem como objetivo modelar ou estruturar a performance desportiva dentro de um contexto antropométrico, metabólico, neuromuscular, habilidades motoras e motivação. Dois pressupostos norteiam este trabalho: a necessidade de delimitar um modelo de performance capaz de orientar os programas de treino e a seleção de atletas de talento em futebol, configurando um modelo que considera a complexidade dos fatores determinantes da performance e considerando as particularidades inerentes na faixa etária entre 10 e 13 anos. Esses dois pressupostos serão tratados ao longo do estudo a partir de uma estrutura que vamos denominar Análise de Tarefa (do inglês task analysis). Esta estrutura, conforme Borms (1997) se operacionaliza por meio de uma análise teórica na disciplina específica, no caso o futebol, onde alguma variável determinante da performance é delineada sendo, posteriormente, combinados com uma análise empírica que lhe fornece a característica de um modelo complexo. Esperamos que este estudo, cujo intuito é estabelecer alguns parâmetros para a estruturação dos programas de treinamento e de seleção de jovens de talento em futebol, possa ser utilizado efetivamente por treinadores, dirigentes, atletas e cientistas da área do desporto. Da mesma forma, temos a expectativa de que nossos resultados possam colaborar com o desenvolvimento do esporte dentro das instituições universitárias (ULBRA) e os clubes.

Pesquisador Responsável: Osvaldo Donizete Siqueira
Contato: odonizete@gmail.com

Habilidades Sociais em Acadêmicos de Educação Física
Resumo: As relações interpessoais apresentam-se como base no ser humano em relação ao convívio social, neste prisma têm sido objeto de muitos estudos despertando o interesse em diversas áreas do conhecimento. Acredita-se que o desempenho social nos tempos atuais seja um fator importantíssimo em questões ligadas ao desenvolvimento de atividades laborais. Para o estudo traçou-se os seguintes objetivos: identificar quais as habilidades sociais apresentadas pelos acadêmicos de Educação Física da Universidade Luterana do Brasil campus Canoas; relacionar estas habilidades sociais com estilos de vida; relacionar estas habilidades com as vivências acadêmicas; comparar estas habilidades sociais entre os gêneros. O presente estudo será descritivo de cunho qualitativo e quantitativo. A população será de acadêmicos do curso de Educação Física da Ulbra Canoas. A amostra será de aproximadamente 400 alunos e será por acessibilidade. O instrumento utilizado será o inventário de Del Prette & Del Prette (2001) e um questionário de vivências acadêmicas de Almeida e Ferreira (1997). Será aplicado o questionário individualmente a cada acadêmico do curso de Educação Física da Ulbra, Canoas, devidamente matriculado nos semestres de 2008, independente da faixa etária, ou classe social. Será aplicado um termo de consentimento individual, em conjunto com o instrumento, onde os avaliados serão informados do sigilo das informações prestadas e apresentarão a autorização das informações para cunho científico. Os questionários serão aplicados somente após a aprovação do presente projeto e da liberação do comitê de ética da Universidade Luterana do Brasil. A análise dos dados será a partir de estatística descritiva, no programa SPSS (10.0).

Pesquisador Responsável: Doralice Orrigo da Cunha
Contato: doranatacao@hotmail.com

Conceitos sobre o Corpo, Movimento, Atividade Física entre Populações de Diferentes Graus de Escolaridade e Profissões
Resumo: Busca-se neste projeto esboçar um caminho que possibilite o redimensionamento e compreensão da realidade imagética. Para a Educação Física diferentes conceitos são importantes ferramentas com os quais o profissional trabalha quotidianamente. Este estudo pretende contribuir para ampliar a compreensão destes conceitos por parte da comunidade em geral, proporcionando instrumentos conceituais de trabalho ao profissional da Educação Física, qualificando sua intervenção ao mesmo tempo que proporciona à comunidade em geral melhores estratégias na busca de qualidade de vida, bem como as suas potencialidades cognitivas através de desafios que envolvem o sujeito que aprende. Trata-se de uma pesquisa qualitativa na qual se pretende investigar as questões pertinentes à construção de conceitos por parte da comunidade em geral e que concepções seus discursos revelam. O presente projeto representa o encaminhamento de um levantamento destes conceitos como forma de instrumentalizar o profissional da Educação Física para uma maior atuação em seu campo de trabalho.

Pesquisador Responsável: Clézio José Santos Gonçalves
Contato: cleziog@terra.com.br

Análise Morfométrica de Forames de Crânios Secos Adultos Masculinos e Femininos do Sul do Brasil
Resumo: O crânio humano é a parte mais modificada do esqueleto axial, considerado um complexo esquelético para suportar o cérebro, órgãos dos sentidos especiais e para receber alimento. Além disto, protege o cérebro contra impactos externos e suas paredes oferecem isolamento contínuo para a circulação cerebral. Sua porção superior é um compartimento contendo o cérebro e a porção restante é, por vezes, denominada esqueleto facial. Os ossos do crânio são articulados através de suturas e apresentam grande número de acidentes ósseos como seios, cavidades, tubérculos, processos e forames. O grande número de forames indica a importância da comunicação nervosa e sangüínea entre o encéfalo e o esqueleto facial e entre o encéfalo e as demais partes do corpo. Os forames propostos para este estudo estão distribuídos em diferentes ossos do crânio e na mandíbula e dão passagem às importantes vasos sangüíneos, nervos cranianos e suas ramificações e até mesmo à porção entre o término do tronco encefálico e o início da medula espinhal. Os forames estudados neste projeto serão os seguintes: infra-orbital, jugular, mental, oval, palatino e magno. O conhecimento sobre variações morfométricas dos forames mencionados é importante em procedimentos cirúrgicos como bloqueio anestésico de nervos na cirurgia maxilofacial, procedimentos cirúrgicos periapicais na mandíbula, procedimentos periodontais, ressecções de tumores, drenagem de abcessos e outras intervenções clínicas. Em relação ao forame oval o estudo das variações anatômicas é relevante em procedimentos como a rizotomia trigemial percutânea para a nevralgia do trigêmio e também na análise eletroencefalográfica. Já a análise das variações do forame jugular, como o tamanho e incidência em relação ao gênero torna-se relevante no desenvolvimento de procedimentos cirúrgicos que possam viabilizar o acesso à lesões cerebrais e na avaliação diagnóstica de filmes radiológicos.
Apesar de numerosos, estudos sobre localização e lateralidade de alguns forames mencionados acima permanecem controversos ou ausentes da literatura didática básica. Além da importância de cada forame descrito, este projeto poderá contribuir para aumentar o escasso número de estudos comparativos relacionados ao gênero e à lateralidade de forames cranianos na população do Rio Grande do Sul, que tem como característica a ampla miscigenação por populações imigrantes e assim proporcionar a comparação de dados étnicos. A aquisição de dados morfométricos relacionados à etnias pode auxiliar igualmente na interpretação de exames radiológicos como tomografia computadorizada e ressonância magnética. Serão utilizados 50 crânios adultos e 70 mandíbulas, selecionados do Laboratório de Anatomia Humana, Universidade Luterana do Brasil, Canoas, Rio Grande do Sul, Brasil. Os crânios e mandíbulas serão numerados, catalogados e registrados. O registro também contribuirá para a organização e levantamento do acervo do Laboratório de Anatomia Humana da Universidade. Quando for possível os crânios e mandíbulas serão também identificados e catalogados por raça. Para o preparo e limpeza dos crânios assim como as medições dos forames e de estruturas relacionadas, serão utilizados os seguintes materiais: goniômetro, antropômetro, agulhas hipodérmicas, paquímetro digital, fita métrica, balança de precisão, régua, serra fita de mesa, tesouras retas de ponta romba e fina e tesouras curvas de ponta reta e fina, além de luvas e máscaras descartáveis, formol, peróxido de hidrogênio, glicerina, e lâminas de bisturi. Serão preparadas previamente fichas com tabelas de medições e preenchimento de dados para cada crânio e mandíbula, para que os registros possam ser individualizados. As medições serão realizadas por dois pesquisadores separadamente e posteriormente será feita a média dos dados obtidos. Os critérios de referência para as medições morfométricas irão variar para cada forame estudado.

Pesquisador Responsável: Paulo Tadeu Campos Lopes
Contato: pclopes@ulbra.br

Avaliação Postural dos Alunos de Escolas do Ensino Fundamental do Município de Canoas
Resumo: A postura ortostática ou estática é composta das posições de todas as articulações do corpo em um dado momento e o alinhamento postural estático é mais bem descrito em termos de varias articulações e segmentos do corpo. A postura também pode ser descrita em termos de equilíbrio muscular. Para avaliar e tratar problemas posturais é necessário compreender os princípios básicos relacionados ao alinhamento, articulações e músculos. A postura equilibrada é um bom hábito que contribui para o bem-estar do indivíduo. De outro modo, a "má postura" advém de hábitos inadequados, sendo menores os casos de congeniedade. Os desequilíbrios posturais têm sua origem no mau uso das capacidades proporcionadas, não na estrutura e função do corpo normal. Se a falha postural fosse meramente um problema estético, as questões sobre ela seriam limitadas a problemas sobre aparência, mas os desalinhamentos posturais que persistem podem dar origem a desconforto, dor ou incapacidade. A amplitude de efeitos desde o desconforto até o problema incapacitante relaciona-se com a gravidade e persistência dos desequilíbrios.
A alta incidência de desvios posturais em adultos relaciona-se com sua tendência para um padrão de atividade especializado ou repetitivo e, principalmente de seus hábitos e da sua consciência corporal advindas da infância. A adequação das condições existentes depende da compreensão das influências de fundo e da implementação de um programa de medidas educacionais positivas e preventivas. Ambas requerem uma compreensão da mecânica do corpo e sua resposta às sobrecargas e tensões impostas a ele. Neste sentido, se faz fundamental a avaliação prévia de desalinhamentos posturais, realizada precocemente, durante a infância, para que este indivíduo que apresente alguma alteração postural possa ser encaminhado para a reeducação, bem como seus hábitos sejam orientados e benéficos para seu futuro. Sendo assim, o objetivo principal desta investigação será avaliar a postura ortostática de alunos do ensino fundamental de Escolas do Município de Canoas/RS. A concepção metodológica adotada por este estudo está fundamentada no método descritivo analítico, predominantemente quantitativo.
O estudo será direcionado à população de estudantes de Escolas Municipais de Canoas/RS, com idade entre 9 e 16 anos. A amostra será composta por quatro grupos divididos entre: (1)9-10 anos (2) 11- 12 anos; (3) 13-14 anos e (4)15-16 anos, de seis Escolas Municipais de Canoas/RS. Sua estrutura será determinada de forma não-probabilística intencional, sendo composta por 200 alunos, aproximadamente, divididos em grupos de 50 alunos em cada faixa-etária estudada.

Pesquisador Responsável: Elisângela Torrilla Zanette
Contato: elizan@terra.com.br

Redes de Sociabilidade Juvenil: Observando Lazeres e Identidades Juvenis nos Municípios de Canoas, Santa Maria e São Leopoldo/RS
Resumo: Os recentes estudos publicados no Brasil com a temática da juventude, Novaes e Vannuchi, Abramo e Branco, Franch e Pais apontam que o lazer é uma das principais atividades que mobilizam os jovens. As formas como as cidades vão se desenvolvendo colaboram na produção de diferenciações na experimentação no campo do lazer. Esta diferenciação produz realidades que dificultam ou facilitam a circulação em outras redes de sociabilidade. A proposta desta pesquisa combina a elaboração de um Índice de Lazer Juvenil, que permitirá um olhar comparativo entre as cidades brasileiras. Com um mapeamento das redes sociais que os jovens acessam. Com relação a essa parte da investigação, nossa questão central de pesquisa é: Como os jovens de 14 a 24 anos das cidades a serem investigadas organizam-se e inserem-se em grupos? Desdobram-se dessa questão, uma outra: Quais seus objetivos e preferências? A realização desse cruzamento de informações e sua conseqüente análise podem se efetivar numa ferramenta rica na elaboração de cartografias que permitam traçar um perfil das atividades de lazer realizadas e/ou desejadas pelos jovens, além de permitir um desenho mais aprofundado do perfil sócio-econômico e cultural da juventude moradora das cidades. A proposta desta pesquisa é neste sentido, encaminhar sugestões que podem contribuir para o campo de estudos do lazer no Brasil. Os resultados permitirão a elaboração de políticas públicas baseadas em dados fornecidos e discutidos pelos/as jovens. O que resultará em ações mais focalizadas e conseqüente aumento dos capitais simbólicos dos/das jovens.

Pesquisador Responsável: José Geraldo Soares Damico
Contato: zdamico@yahoo.com.br

Análise de Descritores Antropométricos em Mulheres Pós Menopausais Praticantes de Atividade Aeróbia
Resumo: O objetivo desta investigação será o de determinar a eficácia de um programa de atividade aeróbia sobre o Índice de Massa Corporal (IMC) e na Relação Cintura-quadril (RCQ) de mulheres pós menopausais. O estudo será realizado com indivíduos do sexo feminino com idade igual ou superior a 60 anos de idade. A amostra será do tipo intencional, composta por aproximadamente 30 mulheres que atingiram o climatério, que se interessem em participar do estudo, moradoras na cidade de Canoas, estado do Rio Grande do Sul. O recrutamento será realizado através de anúncio em jornal da cidade de Canoas, e depois de observados os critérios de inclusão e exclusão a amostra será sorteada. Contudo, não haverá grupo controle (sedentárias). Os dados serão coletados no LAFIMED/ULBRA. O programa consistirá de 5 minutos de aquecimento, 50 minutos de caminhada, e 5 min de alongamento. A intensidade das atividades será de 60% da freqüência cardíaca de reserva, ou 60% + METmáx ou a um limiar de lactato de 2 a 3,5mmol., com intuito de assegurar a realização de um trabalho predominantemente aeróbio. A freqüência das atividades deverá ser de no mínimo duas vezes por semana, com intuito de trazer benefícios cardiovasculares e no perfil lipídico das participantes. O método de investigação proposto é o de Correlação Linear (coeficiente de Pearson) com um intervalo de 95% de confiança, com intuito de observar se há relação inversa entre a prática da caminhada e os descritores antropométricos. Espera-se, que ao final desta investigação, o exercício aeróbio venha contribuir para que as idosas mantenham valores saudáveis de gordura corporal.

Pesquisador Responsável: Adriana Barni Truccolo
Contato: truccolo@cpovo.net

Estágio Curricular Obrigatório: A Partir dos Acadêmicos do Bacharelado em Treinamento Físico e Esportes, do Curso de Educação Física da ULBRA, Canoas, RS/2006/1 a 2008/2
Resumo: O presente estudo visa investigar o Estágio Supervisionado em Educação Física do curso de Bacharelado em Treinamento Físico e Esportes, na perspectiva dos acadêmicos, da Universidade Luterana o Brasil, no período de 2006/1 a 2008/2. Para a realização da investigação será utilizado o delineamento descritivo, caracterizada pela premissa de que os problemas podem ser solucionados e as práticas melhoradas por meio de observação, da análise e da descrição objetiva e completa (TOMAS; NELSON, 2002). Assim, pretende-se descobrir e observar os fenômenos, procurando descrevê-los, classificá-los e interpretá-los sem manipulá-los (RUDIO, 1999). A amostra será composta de forma acidental por 150 alunos do Curso de Educação Física da ULBRA/CANOAS que tenham realizado o Estágio Supervisionado em Educação Física, do curso de Bacharelado em Treinamento e esportes, no período de 2006/1 a 2008/2, em escolas da rede municipal, estadual e particular de ensino. O estudo justifica-se por acreditar que o professor em todos os graus de ensino, durante a sua prática pedagógica, deva estar em um constante processo de ação-reflexão-ação de sua prática. Atualmente, fazendo parte do quadro de professores do curso de Educação Física da ULBRA que orienta o estágio curricular obrigatório, torna-se relevante investigar a percepção dos acadêmicos diante deste fazer docente.

Palavras-chave: Estágio; Bacharelado; Educação Física.
Pesquisador Responsável: Marisa Mendes Götze
Contato: marisagotze@hotmail.com

Fatores Intervenientes no Processo de Desenvolvimento da Síndrome de "Burnout" em Professores das Escolas Estaduais da Grande Porto Alegre
Resumo: Os professores estaduais que atuam em escolas da grande Porto Alegre estão expostos diariamente ao contato direto com alunos por vezes tensos, ansiosos, indisciplinados e até mesmo desinteressados, e atuam, muitas vezes em condições de trabalho desfavoráveis. São profissionais que se encontram em risco constante de experimentar a Síndrome de "Burnout", caracterizada por três componentes: exaustão emocional, despersonalização e falta de realização pessoal no trabalho. Trata-se de uma pesquisa descritiva, de viés qualitativo e quantitativo, onde se pretende investigar se, os fatores intervenientes no processo de desenvolvimento da Síndrome de "Burnout" podem influenciar negativamente em seu trabalho fazendo com que diminuam a motivação para o trabalho a ponto de comprometerem sua tarefa. A amostra será constituída por 200 professores de ambos os sexos com no mínimo 10 anos de experiência profissional, atuantes em escolas estaduais da grande Porto Alegre. Os instrumentos utilizados na pesquisa serão: um questionário auto-aplicativo e o Maslach Burnout Inventory (MBI) que será levado até seu local de trabalho, e a entrevista semi-estruturada. Consolidando um suporte teórico sobre a Síndrome de "Burnout", pretendemos, a partir desta investigação, conseguir um referencial de princípios sobre o envolvimento dos professores em seu trabalho.

Palavras-chave: Burnout; Professores; Rede Pública.
Pesquisador Responsável: Joarez Santini
Contato: joarez.s@terra.com.br

A Ginástica Laboral para a Promoção da Qualidade de Vida no Trabalho
Resumo:O estudo se propõe a aplicar um programa de atividade física no ambiente de trabalho, sob a forma de exercícios laborais que preconizam os movimentos e as posturas adotadas pelos trabalhadores. Desta forma, pretende fornecer orientação postural ao trabalhador para que este possa posicionar-se da melhor maneira possível frente ao seu posto de trabalho. O objetivo principal desta investigação será analisar a influência do programa de exercícios laborais na qualidade de vida do trabalhador. Os objetivos específicos são (1) Avaliar a postura dinâmica diária do trabalhador industrial, verificando tanto os efeitos deste programa como as possíveis respostas obtidas na postura dinâmica do trabalhador; (2) Analisar motivação para o trabalho; (3) Avaliar incidência de algias vertebrais; (4) Acompanhar os índices de afastamento por Esforços Repetitivos ou lesões da coluna vertebral; (5) Analisar a percepção do funcionário sobre o Programa de Ginástica Laboral. A concepção metodológica adotada por este estudo está fundamentada no método hipotético-dedutivo, predominantemente quantitativo e de caráter quase-experimental. O estudo será direcionado à população de trabalhadores da Universidade Luterana do Brasil, de ambos os sexos, ligados a funções administrativas e de atendimento, com idades entre 20 e 60 anos.
A amostra será composta por um grupo controle, que não sofrerá nenhum tipo de intervenção, e três grupos experimentais que participarão ativamente de todas as etapas do processo de intervenção proposto. Sua estrutura será determinada de forma não-probabilística voluntária, sendo composta por 80 funcionários, aproximadamente, de três diferentes setores da Universidade: (1) Ensino à Distância, (2) Biblioteca e (3) Laboratório de Informática e Centro de Processamento dos Dados. Todos os componentes da amostra assinarão um Termo de Consentimento Informado. Como variáveis de controle, serão consideradas as seguintes padronizações das condições às aulas do grupo experimental: horários, locais, professores, cronograma de exercícios e de exposições teóricas. A variável independente deste estudo será caracterizada como um programa de exercícios posturais no início, meio ou fim da jornada de trabalho associado a noções de escola postural composta pela preparação da musculatura envolvida nas atividades laborais diárias. O Programa de exercícios laborais será realizado durante oito meses, três vezes por semana e com aulas com duração de dez minutos, com horários a acertar com cada um dos setores envolvidos. Como instrumentos serão usados o Teste de Postura Dinâmica (ROCHA e SOUZA, 1999), o Questionário de Motivação Laboral (NOGUEIRA, 2005); Questionário sobre Intensidade e Freqüência da Dor (SOUZA e KRIEGER, 1999) e o WHOQOL (World Health Organization Quality of life) serão os instrumentos aplicados no pré-teste (antes de iniciar o programa), nos testes intermediários (4 e 6 meses) e no pós-teste (após 8 meses).

Pesquisador Responsável: Anneliese Schonhorst Rocha
Contato: profeanne@terra.com.br

In/Exclusão de Jovens Moradores da Grande Mathias Velho/Canoas-RS: Estudo Descritivo sobre o Lazer
Resumo: O estudo pretende entender as opções de lazer a partir a in/exclusão dos jovens moradores da Grande Mathias Velho/Canoas. A idéia de conhecer as opiniões dos jovens referente às opções de lazer está relacionada ao entendimento de que existe uma captura dos jovens, para estabelecer o que devem fazer no seu tempo de lazer. Isto, portanto, se torna um debate emergente no espaço acadêmico e das políticas públicas. Na Grande Mathias Velho/Canoas, encontra-se um espaço para que este tema seja explorado. Este é um lugar em que podemos encontrar uma segregação sócio-espacial no qual, os jovens estão situados. Duas perguntas se aproximam do tema lazer desportivo, juventude e inclusão: Que modos de in/exclusão estão presentes nas práticas de lazer desportivo no bairro Mathias Velho/Canoas? Como entender o papel do bairro e a cidade e como os jovens transitam num espaço que em a in/exclusão se manifesta tão fortemente? O lugar que o estudo entende a in/exclusão está nas verdades provisórias, as identidades são voláteis e cambiantes, o projeto da modernidade vive o seu desencaixe, em vez de segurança, vulnerabilidade social, em vez de moradias, aumento da favelização e moradores de rua, em vez de trabalho, desemprego. Mundos dentro de outros mundos, como os shoppings centers (o não-lugar do qual trata Bauman) e os condomínios fechados.
Neste contexto, a in/exclusão será investigada tendo como foco o lazer e a juventude. Quando relacionado à questão da identidade e diferença que se incorporam no debate da in/exclusão no lazer e juventude é incipiente. A in/exclusão pressupõe que é necessário inventar o outro excluído para marcar a alteridade do outro e dizer que ambos estão na mesma norma. Esta alteridade será significada a partir de diferenças que se percebam nas opções de lazer desportivo feitos pelos jovens e como ela delimita uma fronteira entre o outro e o mesmo. Como será que ser um jovem do gênero masculino, feminino, branco, negro, com deficiência mental, com deficiência física, deficiência múltipla, surdo e/ou cego, no bairro Mathias Velho do Município de Canoas, significa a existência de ocupações de lazeres diferentes ente si? Em que lugar está localizada a juventude na in/exclusão? Este projeto caracteriza-se como um estudo com abordagem descritiva. A população do estudo será composta por jovens estudantes da rede pública municipal de Canoas da Grande Mathias Velho. Participarão da pesquisa oito jovens. Deverão estar incluídos jovens de ambos os sexos, com ou sem alguma deficiência, brancos e negros. Será aplicada uma entrevista com perguntas semi-estruturado que tratem de questões relacionas às opções de lazer na Grande Mathias. As análises das informações serão feitas a partir da transcrição das entrevistas, serão identificadas as unidades de significado, blocos temáticos e categorias de análise.

Pesquisador Responsável: Cláudio Marques Mandarino
Contato: cmandari@terra.com.br

O Ensino da Educação Física nas Séries Iniciais: A Visão de Professores de Educação Física da Rede Pública de Novo Hamburgo, RS
Resumo: A presente investigação visa investigar a percepção de professores de Educação Física de séries iniciais de escolas da rede pública de Novo Hamburgo sobre o ensino da Educação Física nas séries iniciais, da rede estadual, na cidade de Novo Hamburgo, R/S. Para a realização da presente investigação será utilizado o delineamento descritivo, numa amostra composta de forma acidental por 50 professores com curso de Magistério ou Normal; Pedagogia ou Educação Física que estejam ministrando aulas para as séries iniciais nas escolas da rede pública de Novo Hamburgo/RS. A amostra dos docentes será composta por todos os que estiverem em atividade em seus locais de trabalho. Assim, pretende-se selecionar os elementos da amostra, em função de sua presença no local de trabalho, no momento da coleta dos dados e da sua disponibilidade para participarem do estudo.
O instrumento a ser utilizado será um questionário composto por perguntas abertas e fechadas para identificar a atuação desses professores no ensino da Educação Física. As perguntas do instrumento referem-se às seguintes categorias de análise elaboradas a priori: percepção dos professores com relação à concepção de educação Física nas séries iniciais do Ensino Fundamental; segundo objetivos; atividades ministradas pelas professoras das séries iniciais; atendimento pedagógico destinado às professoras; número de aulas semanais; espaço e materiais para as aulas de Educação Física; a avaliação de suas aulas e alunos e em relação à formação profissional; quais foram as disciplinas cursadas no magistério na área da Educação Física e se as mesmas foram suficientes para a sua prática docente; como eram suas aulas de Educação Física quando cursou o Ensino Fundamental e qual a contribuição do ensino de Educação Física para a formação integral da criança. E finalmente como se constitui a avaliação nas aulas de Educação Física. Os dados serão processados e submetidos à análise, utilizando-se para tal o cálculo da freqüência absoluta e relativa das respostas obtidas.

Pesquisador Responsável: João Carlos Jaccotet Piccoli
Contato: jebpiccoli@terra.com.br

Sensibilização Corporal com Crianças em Situação de Risco Social - Técnicas Somatocognitivas de Desenvolvimento de Competências
Resumo: Este projeto nasceu como uma continuidade dos estudos de doutoramento e das pesquisas deste docente desenvolvidas nesta universidade, anteriormente realizadas junto às populações da Educação Infantil. Nesta etapa se aborda uma clientela de crianças e adolescentes em risco social no município de Esteio, desenvolvendo-se um conjunto de técnicas de sensibilização e somatocognitivas, visando analisar os respectivos efeitos que as mesmas poderão produzir. Este trabalho estava sendo desenvolvido como voluntário junto a Secretaria Municipal de Assistência Social do Município e em parceria com o Ministério Publico Federal. Na medida que observou-se alguns efeitos comportamentais de primeira ordem, resolveu-se então desenvolvê-lo como projeto de pesquisa pois seus resultados podem apontar para elaboração de futuras políticas públicas de redução destas condições. Neste sentido o presente projeto apresenta-se como uma proposição de estratégias de aprendizagem e de atividades de sensibilização em movimento e posterior análise de uma determinada realidade através da análise dos dados coletados da população em estudo. Assim sendo, constitui-se em possibilidades de intervenção na prática cotidiana, buscando a melhoria qualitativa das relações interpessoais.
Pesquisador Responsável: Clézio José dos Santos Gonçalves
Contato: cleziog@terra.com.br

Qualidade de Vida na Fase Adulta e Estilo Ativo de Vida
Resumo: O aumento da expectativa de vida tem suscitado a preocupação com a qualidade inerente aos anos de vida adicionais. A fase da terceira idade esta sendo cada vez mais estudada, especialmente ao longo da ultima década. Entre as descobertas realizadas ressalta-se que a pessoa idosa e o reflexo de suas fases de vida anteriores, sendo assim a compreensão da ação de envelhecer deve buscar respostas não apenas na fase apos os 60 anos de idade, porem em décadas anteriores: fase adulta jovem, fase adulta madura ou fase da meia idade. A sociedade atual é caracterizada pelo desenvolvimento sócio-econômico cultural e tecnológico marcadamente no século passado, possibilitando avanço das ciências médicas no combate as doenças, melhoria nas condições de saneamento básico, programas de educação, queda da taxa de natalidade, entre outros. Com as melhores condições de vida, houve aumento da expectativa de vida, porém tem sido verificado que existem estilos de vida com maior grau de satisfação e de eficiência.
A qualidade de vida associa-se diretamente a questão da compreensão de fatores vinculados ao desenvolvimento e a continuidade da vida com independência. A atividade física regular, como oposição ao padrão de vida sedentário, tem se mostrado como um meio eficaz na promoção de qualidade vida. Quando uma pessoa readquire qualidade de vida aumenta seu bem-estar, melhora a auto-estima e sensação de auto-eficácia, bem como reduz o risco de ansiedade e depressão. O objetivo do estudo é analisar os efeitos do estilo ativo de vida na qualidade de vida e na capacidade funcional de homens e mulheres com idade superior aos 50 anos; investigando o papel do estilo ativo na qualidade de vida durante a ação do envelhecer durante um período longo. O estudo realizado será do tipo experimental, sendo o tratamento experimental constituído por aulas de hidroginástica. A população do estudo será composta por homens e mulheres na fase de vida adulta com estilo de vida sedentário no início da pesquisa. Os sujeitos são avaliados a partir do WHOQOL-old da OMS e da bateria de testes de atividade de vida diária.

Pesquisador Responsável: Andréa Krüger Gonçalves
Contato: andreakg@terra.com.br

Avaliação de Diferentes Programas de Atividades Físicas nas Atividades de Vida Diária (AVDS) em Idosos
Resumo: Envelhecer pressupõe alterações físicas, psicológicas e sociais do indivíduo, de forma natural e gradual. A capacidade de realizar independentemente as atividades de vida diária como arrumar a casa, amarrar os sapatos, vestir-se, sair de casa, fazer compras, dentre outras, faz com que o idoso sinta-se útil e valorizado pela sociedade A incapacidade funcional para as atividades de vida diária (AVDs) está entre os fatores que possam a vir comprometer a qualidade de vida de pessoas acima de 60 anos. O objetivo deste trabalho é avaliar o nível de independência em AVDs de idosos, por meio da aplicação de uma bateria de testes de desempenho motor. Os idosos participantes deste estudo serão selecionados de diferentes programas de extensão da Universidade Luterana do Brasil, no município de Canoas, RS. Os testes para avaliação funcional (AVDs) de idosos serão realizados conforme Matsudo, 2004.

Pesquisador Responsável: Ana Maria Pujol Vieira dos Santos
Contato: anapujol@ulbra.br

Influência da Atividade Física sobre Respostas Comportamentais e Fisiológicas Relacionadas à Ansiedade
Resumo: O presente projeto tem por objetivo avaliar efeitos da atividade e do enriquecimento ambiental sobre respostas relacionadas ao comportamento social e/ou reações de estresse (medo/ansiedade em ambiente novo), em animais, e comparar com humanos. Conforme McArdle et al. (2003), existe interação entre exercício, estresse, sistema imune e enfermidades. Devido às ligações entre o hipotálamo e a função imunológica, distúrbios em fatores psicológicos influenciam a resistência à enfermidade e podem mesmo promover envelhecimento precoce. Cada fator exerce seu efeito independente e também interage com os outros para intensificar efeitos específicos. Grande parte das respostas ao estresse inclui alterações comportamentais evidenciadas por um aumento do medo ou ansiedade (Blanchard et al., 1974). Essas reações refletem alterações fisiológicas internas que as motivam.
Quando a ansiedade é intensa ou crônica, a desorganização dos eixos neuroendócrinos relacionados (atividade hipotalâmica-hipofisária) pode conduzir a quadros degenerativos, tanto em relação à atividade nervosa quanto em relação à atividade imunológica; portanto, dificultando a manutenção da saúde (Sapolsky, 2000). Em humanos, um dos eixos neuroendócrinos mais reativo a estresse é o eixo hipotálamo-hipófise-adrenais, que responde ao estresse aumentando a secreção de corticóides (dentre os quais o principal é o cortisol). Excesso de cortisol pode provocar redução da atividade imunológica e aumento da vulnerabilidade à doenças, além de envelhecimento precoce. Sendo assim, minimizar as respostas neuroendócrinas a estresse moderado se faz vital para a manutenção do equilíbrio e da saúde em geral. Para se monitorar respostas relacionadas à medo/ansiedade em ratos, podemos utilizar modelos experimentais, como a interação social (Blanchard et a., 2001), o labirinto em cruz elevado (Severino et al., 2004) e o campo aberto (Padoin et al., 2001). Visando ampliar as avaliações prévias dos efeitos da atividade física em interação com o estresse, sobre variáveis fisiológicas, o presente projeto está sendo proposto.

Pesquisador Responsável: Isabel Amaral Martins
Contato: isabel_namaste@yahoo.com.br

Validação do Protcolo para Avaliação Postural nos Planos Sagital e Frontal utilizando o Software Appid
Resumo: O objetivo deste estudo será verificar a validade de um protocolo de avaliação postural realizada com auxilio do software APPID. A amostra será constituída por indivíduos portadores ou não de alterações posturais. Os indivíduos serão submetidos a três procedimentos de avaliação: (1) registro fotográfico da postura ereta nos planos sagital e frontal; (2) registro fotográfico do individuo com o tronco flexionado à frente e (3) exame de Raio-X da coluna vertebral, nos planos sagital e frontal, estando o individuo ereto. Os dois primeiros procedimentos serão realizados duas vezes, com intervalo de uma semana entre os eventos. O terceiro procedimento será realizado apenas no primeiro dia de avaliação. Para todas as avaliações serão colocados marcadores reflexivos sobre pontos de referência anatômicos dos indivíduos. Para o registro fotográfico, será utilizada uma câmera digital e um fio de prumo, o qual também estará presente no exame de Raio-X. A análise das posturas nas fotografias será realizada pelo software APPID e o exame de Raio-X por profissionais competentes. Procedimentos estatísticos utilizando as variáveis oriundas do Raio-x e das fotografias permitirão a validação do protocolo de avaliação postural. Acredita-se que este estudo poderá contribuir para a objetividade da avaliação postural, facilitando o cotidiano dos profissionais da Ed. Física e da Fisioterapia. Sendo divulgado em ambiente escolar, poderá passar a ser um instrumento de promoção da saúde e qualidade de vida, uma vez que possibilita a identificação precoce de alterações posturais, auxiliando a prevenção de desvios posturais.

Pesquisador Responsável: Cláudia Tarragô Candotti
Contato: claudiacandotti@hotmail.com

Pesquisa do Curso 2007

Aprender com o Corpo e o Movimento
Pesquisador Responsável: Clézio José dos Santos Gonçalves
Contato: cleziog@terra.com.br
Pesquisadores Colaboradores:
Cintia de la Rocha Freitas;
Isabel Amaral Martins Fossati

Carreira Docente em Educação Física no Ensino Fundamental e Médio: Nível de Qualidade de Vida Percebida de Professores do Magistério do Rio Grande do Sul
Pesquisador Responsável: Gelcemar Oliveira Farias
Contato: gelfarias@pop.com.br

O estudo apresenta como objetivo analisar o nível de qualidade de vida percebida por professores de Educação Física do ensino fundamental e médio, vinculados as escolas municipais da Microrregião de Porto Alegre - RS, de acordo com os ciclos de desenvolvimento profissional. Esta pesquisa caracteriza-se como uma investigação de cunho descritivo-exploratório, de caráter transversal, que segundo Thomas & Nelson (2002) tem a finalidade de se obter informações dos sujeitos pedindo que respondam as questões, em vez de observar seu comportamento.
Farão parte do estudo professores de Educação Física (professores atuantes frente aos alunos e os professores que atualmente assumem cargos administrativos) que atuam nas escolas municipais cicladas e seriadas, da Microrregião de Porto Alegre. Cabe destacar que a Microrregião de Porto Alegre é composta pelos seguintes municípios: Alvorada; Araricá; Cachoeirinha; Campo bom; Canoas; Dois Irmãos; Eldorado do Sul; Estância Velha; Esteio; Glorinha; Gravataí; Guaíba; Mariana Pimentel; Nova Hartz; Nova Santa Rita; Novo Hamburgo; Parobé; Porto Alegre; São Leopoldo; Sapiranga; Sertão Santana e Viamão. A seleção dos elementos será determinada através de processo de amostragem aleatória. Para avaliar a percepção do professor sobre sua qualidade de vida no trabalho será utilizada a Escala de Avaliação da Qualidade de Vida no Trabalho Percebida por Professores de Educação Física do Ensino Fundamental e Médio, desenvolvida por Both et al. (2006). O QVT compreende um questionário composto por 34 questões, que avaliam as dimensões de remuneração e compensação, condições de trabalho, oportunidade imediata para uso e desenvolvimento de capacidades humanas, oportunidade futura de crescimento e segurança, integração social na organização do trabalho, constitucionalismo na organização de trabalho, trabalho e espaço total de vida, relevância social da vida no trabalho. Na análise descritiva dos dados será utilizada a freqüência e freqüência percentual das questões e dimensões das escalas.
A organização e o registro dos dados serão realizados na planilha eletrônica do Microsoft Excel. Para identificar a existência de diferenças significativas na comparação das variáveis do estudo serão empregados o teste Qui-quadrado, o teste U de Mann-Whitney e o teste de Kruskal-Wallis, contidos no programa estatístico SPSS, versão 11.5. O nível de significância adotado será p<0,05.

Conceitos sobre o Corpo, Movimento, Atividade Física entre Populações de Diferentes Graus de Escolaridade e Profissões
Pesquisador Responsável: Clézio José dos Santos Gonçalves
Contato: cleziog@terra.com.br

Crescimento, Maturação, Aptidão Física, Aspectos Motivacionais e Habilidades Motoras Específicas - Estudo Referenciado a Jovens Futebolistas de Escolas Recreativas (ULBRA) e Escolas Competitivas
Pesquisadores Responsáveis: Luiz Antônio Barcellos Crescente; Osvaldo Donizete Siqueira
Contato: famcrescente@uol.com.br ; odonizete@brturbo.com.br

Controle Bioquímico do desempenho Físico em Atletas de Futebol
Pesquisadores Responsáveis: Luiz Antônio Barcellos Crescente; Osvaldo Donizete Siqueira
Contato: famcrescente@uol.com.br ; odonizete@brturbo.com.br

Desenvolvimento de um protocolo para avaliação postural nos planos sagital e frontal utilizando meio digital
Pesquisador Responsável: Cláudia Tarragô Candotti
Contato: claudiacandotti@hotmail.com

O objetivo deste estudo será verificar a confiabilidade, a reprodutibilidade e a fidedignidade da avaliação postural realizada por um software especialmente construído para este fim, a partir das informações obtidas em um protocolo de avaliação postural. A amostra será constituída por indivíduos portadores ou não de alterações posturais. Os indivíduos serão avaliados em dois dias, sendo submetidos em ambos os dias ao mesmo protocolo de avaliação postural, o qual consiste (1) no registro fotográfico da postura ereta nos planos sagital e frontal e (2) no registro fotográfico do individuo com o tronco flexionado à frente. Em ambos dias de avaliação serão colocados marcadores reflexivos sobre pontos de referência anatômicos dos indivíduos antes da realização dos protocolos de avaliação. Para o registro fotográfico, será utilizada uma câmera digital e um fio de prumo. A análise das posturas nas fotografias será realizada com um software construído em ambiente Matlab. Acredita-se que este estudo poderá contribuir para a objetividade da avaliação postural, facilitando o cotidiano dos profissionais da Ed. Física e da Fisioterapia. Sendo divulgado em ambiente escolar, poderá passar a ser um instrumento de promoção da saúde e qualidade de vida, uma vez que possibilita a identificação precoce de alterações posturais, auxiliando a prevenção de desvios posturais.
Palavras-chave: avaliação postural; imagem digital; raio X

Estágio Supervisionado em Educação Física: na Perspectiva dos Acadêmicos da Universidade Luterana do Brasil no Período de 2006/1 A 2007/2
Pesquisador Responsável: Marisa Mendes Götze
Contato: marisagotze@brturbo.com.br
Pesquisador Colaborador: João Carlos Jaccottet Piccoli
Contato: piccoli@ulbra.br

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Educação Física, o "estágio supervisionado constitui um processo de transição profissional, que procura ligar duas lógicas (educação e trabalho) e que proporciona ao estudante a oportunidade de demonstrar conhecimentos e habilidades adquiridos e também treinar as competências que já detém sob supervisão de um profissional da área" .Desse modo, torna-se relevante investigar-se como ocorreu esta prática curricular, na perspectiva dos acadêmicos do Curso de Educação Física da ULBRA/CANOAS no período de 2006/1 a 2007/2. Observando-se esses aspectos em relação ao Estágio Curricular Obrigatório, elaborou-se a presente investigação, que pretende responder ao problema: Qual a perspectiva dos acadêmicos do Curso de em Educação Física da Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) quanto à realização do Estágio Supervisionado em Educação Física (I, II, III, IV e Estágio em Licenciatura Plena) para sua formação docente?

Estudo da Prevalência e Incidência de Sobrepeso/ Obesidade em Idosas Praticantes de Hidroginástica
Pesquisador Responsável: Adriana Barni Truccolo
Contato: truccolo@cpovo.net

Impacto de Fatores Motores, Musculares, de Dor, de Padrões de Sono E de Estresse no Período de Envelhecimento na Qualidade de Vida da População do Bairro São Luis, Canoas, RS
Pesquisador Responsável: Cíntia de La Rocha Freitas
Contato: cintiafreitas@brturbo.com.br
Pesquisadores Colaboradores:
João Carlos Jaccottet Piccoli
Andrea Kruger Gonçalves
Clézio José dos Santos Gonçalves

Esta pesquisa visa levantar diferentes dados sobre a população idosa residente no bairro São Luis, Canoas e relacionar esses dados ä qualidade de vida destes indivíduos.

Mapa da Juventude: um estudo sobre as atividades de lazer dos jovens nas cidades de Santa Maria, São Leopoldo e Canoas/RS
Pesquisadores Responsáveis: Antônio Luis Carvalho de Freitas; José Geraldo Soares Damico
Contato: aluiscf@ibest.com.br ; zdamico@yahoo.com.br
Site: http://www.esef.ufrgs.br/nupedacidade/

Movimento Humano e Abordagens Contemporâneas de Criação Artística
Pesquisador Responsável: Flavia Pilla do Valle
Contato: coordtec_danca@ulbra.br

A criação artística hoje se caracteriza pela diversidade de informações, técnicas, culturas e estéticas. A dança de abordagem contemporânea, manifestação do movimento humano, tem sua formação constituída de diversas correntes, conseqüência do acúmulo de informações da nossa época. Depois dos anos 80, as fronteiras entre a dança clássica, moderna, pós-moderna e popular começam a se borrar. Há uma grande flexibilidade entre os estilos e muito menos distinção entre os gêneros feminino e masculino. Há um rompimento entre o visual, o gestual e o sonoro, comprovando uma tendência para o inter-relacionamento de diversas linguagens representativas e expressivas.
Esta pesquisa em dança busca aliar a pesquisa artística - lugar da liberdade absoluta, à pesquisa acadêmica e institucional. Assim, investiga o processo de construção artística em dança a partir de abordagens contemporâneas; traçando este entendimento a partir de referências artísticas e teóricas atuais; construindo sentidos a partir do movimento humano; contribuindo para os estudos de dramaturgia da dança, isto é, a construção do sentido que inter-relaciona os elementos cênicos do espetáculo; e organizando, além do material escrito, um material audiovisual em forma de DVD da produção do grupo de pesquisa.
Este projeto tem como enfoque o processo artístico em dança, "inventando o modo de fazer". Ao produzir uma dança, o(s) artista(s) delimita(m) um ponto de vista particular que propõem um questionamento ou uma reflexão acerca dos aspectos da própria arte e da cultura. Para esta pesquisa, muito mais importante do que achar respostas é saber colocar questões. A arte produto de pesquisa não se limita à simples repetição de fórmulas bem-sucedidas.

O Efeito Protetor da Vitamina C sobre o Sistema Imunológico e o Estresse Oxidativo em Ratos com Treinamento Anaeróbico
Pesquisador Responsável: Ana Maria Pujol Vieira dos Santos
Contato: anapujol@ulbra.br
Pesquisadores Colaboradores:
Cíntia de la Rocha Freitas;
Isabel Amaral Martins Fossati;
Juliana da Silva;
Paulo Tadeu Campos Lopes

O objetivo do trabalho será avaliar as respostas do sistema imunológico e de estresse oxidativo em ratos submetidos ao treinamento anaeróbio, suplementados com vitamina C. Para desenvolver o trabalho, serão utilizados 24 ratos machos, adultos jovens, da linhagem Wistar, provenientes do Biotério da Ulbra. Os animais serão distribuídos em 4 grupos de 6 cada um, da seguinte forma: controle sedentário (CS), treinado anaeróbio sem administração de vitamina C (TA), treinado anaeróbio com administração de vitamina C na concentração de 1 mg/kg w.b. (TAC1) e treinado anaeróbio com administração de vitamina C na concentração de 30 mg/kg w.b. (TAC30). Estão programadas 3 sessões de treinamento por semana, durante 6 semanas. Os animais do controle sedentário não serão submetidos a nenhum protocolo de treinamento. O sacrifício ocorrerá 24 h após o último treinamento. Serão avaliados os danos oxidativos nos músculos sóleo e gastrocnêmio, conteúdo de glicogênio hepático e muscular, além da quantificação de atividades de enzimas antioxidantes (catalase, superóxido dismutase e glutationa peroxidase). Para quantificar os efeitos sobre o sistema imunológico, serão verificadas as concentrações sangüíneas de hemácias, hemoglobina, hematócrito, leucócitos, glicose, proteínas totais, albumina e globulinas. O efeito protetor da vitamina C sobre a genotoxicidade dos exercícios será avaliado pelo ensaio Cometa em ratos.

O Efeito de um Programa de Psicologia do Esporte sobre o Rendimento Esportivo de Atletas do Sport Club ULBRA
Pesquisador Responsável: Benno Becker Junior
Pesquisadores Colaboradores:
Ana Maria Pujol Vieira dos Santos;
Andrea Kruger Gonçalves;
Cíntia de la Rocha Freitas;
Clézio José dos santos Gonçalves;
Isabel Amaral Martins Fossati;
Paulo Tadeu Campos Lopes

Qualidade de Vida na Fase Adulta e Estilo Ativo de Vida
Pesquisador Responsável: Andrea Kruger Gonçalves
Contato: andreakg@terra.com.br

Graduação em
Educação Física
Campus Canoas
Av. Farroupilha, 8001 · Prédio 55A, sala 1
Bairro São José · Canoas/RS · Cep 92425-900
Fone: (51) 3477.9106 · Fax: (51) 3477.9106
E-mail: edfisica.canoas@ulbra.br