Programa Permanente de Acessibilidade

Para a promoção de acessibilidade e atendimento prioritário, imediato e diferenciado às pessoas com necessidades especiais, a Ulbra instituiu o Programa Permanente de Acessibilidade e o comitê de Acessibilidade, que visam implementar uma política institucional da qual fazem parte as estratégias de acessibilidade, equiparação de oportunidades e inclusão da Universidade com as pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. O objetivo é reduzir os empecilhos tanto dos espaços construídos quanto das atitudes que possam impedir ou dificultar o direito ao estudo e o acesso ao trabalho.

O Programa Permanente de Acessibilidade promove assessoria e consultoria diária e permanente junto aos estudantes surdos, cegos e deficientes físicos a fim de identificar suas demandas e aprimorar a política de acessibilidade comunicacional, arquitetônica política e social para com as diferenças, objetivando o reconhecimento político das mesmas.

Foi criado com o objetivo principal de desenvolver uma política de articulação para com esses segmentos e a Universidade como um todo, ampliando ações e propondo avanços inclusive de algumas leis nesse campo.

Dentro dos seus princípios que lhe são estatutariamente atribuídos, há um compromisso com a questão social, do desenvolvimento econômico e apoio às esferas públicas e possibilitar que aconteça concretamente a acessibilidade universal e interação entre a comunidade acadêmica e a Ulbra.

Destaca-se o grande avanço na Ulbra referente ao trabalho com os estudantes surdos, onde há 15 anos o setor de Acessibilidade desenvolve projetos na área dos Estudos Surdos. Os alunos surdos estão regularmente matriculados, são acompanhados de Intérpretes de LIBRAS e assistidos por professores especializados no campo dos Estudos Surdos.

O Programa Permanente de acessibilidade possui as seguintes áreas de atuação institucional como prioritárias para a consolidação e expansão do mesmo:

  •  Assessoria e Apoio à Institucionalização e Divulgação da Língua Brasileira de Sinais (Libras), Estudos Negros, Estudos Indígenas e as leis de acessibilidade desses grupos;
  •  Planejamento e Projetos para o Desenvolvimento dos Estudos Culturais e da Acessibilidade;
  •  Projetos Específicos de Interesse Federal, Estadual, Municipal e Privado Local;
  • Cursos de Formação e Qualificação dos Profissionais na área indígena, dos afrodescendentes e dos profissionais que atuam direta ou indiretamente com as Pessoas com Deficiência;
  • Execução e acompanhamento legal, administrativo, institucional, prática e operacional das diversas ações e projetos a serem implantados nesse campo pela ULBRA/RS e Unidades do Norte e Centro Oeste bem como na região na qual a Ulbra está localizada;
  •  Aprimoramento do Laboratório de Ensino, Pesquisa e das diferenças incluindo a Acessibilidade, Negros e Indígenas no Brasil.

O setor de Acessibilidade disponibiliza também atendimento pedagógico para os surdos, cegos e pessoas com outras deficiências. Este atendimento é priorizado pelo setor considerando o amparo legal destes alunos e funcionários com deficiência, bem como a referência nacional da Ulbra na área de acessibilidade.

ULBRA Carazinho - BR 285 - KM 335 · CEP 99.500-000 · Carazinho/RS
Telefone: (54) 3329.1111 · Fax: (54) 3329.1130 · E-mail: