Tecnologia 04/08/2022 14:47

Alunos elogiam o Corujão Nerd

O troféu Caneca Nerd foi conquistado pela Equipe Rensga
Os vencedores: equipe festejou o primeiro lugar
Os vencedores: equipe festejou o primeiro lugar Foto: Divulgação

 Além dos games digitais, o Corujão Nerd do Colégio Ulbra São Lucas teve Quiz Cultural, Kahoot tecnológico, campeonato de fla-flu, pingue-pongue, xadrez, vôlei, futsal, basquete, além de muita pizza, café e até premiações de informática. O evento, que ocorreu na noite de 29/07 na escola, foi um sucesso e muito elogiado pelos estudantes. A equipe campeã, conforme o diretor Éverton Vargas, foi a Rensga, que ganhou o troféu Caneca Nerd e medalhas.

 "O evento foi bem estruturado, com atividades das mais diversas. Foi uma experiência acolhedora. Fui muito bem recebida por todos e me diverti muito", enfatizou a estudante Lauren de Azevedo Steinhoefel, 16 anos. Segundo ela, foi uma oportunidade para conhecer melhor o mundo dos games e pessoas que possuem interesses semelhantes, além de fazer novas amizades e experienciar novas vitórias. "Já estou ansiosa pelas próximas edições", afirmou.

Os alunos do curso Técnico em Informática do São Lucas receberam convidados e se dividiram em equipes durante toda a madrugada no colégio. O evento foi organizado pelo coordenador Jeferson Leon. O aluno Lucas da Silva Vargas, 16, garantiu que "o Corujão Nerd deste ano foi incrível. A organização dos times para praticar as atividades e descobrir novas habilidades é algo que eu só vi lá. Foi uma experiência fantástica''.

 Novas amizades

"O corujão foi uma experiência muito legal e diferente para se ter na escola. Poder jogar e ficar com os amigos, além de fazer novas amizades. No geral, todo o evento foi memorável'', complementou Arthur Cardoso de Jesus, 17.

"O evento teve campeonatos que fizeram os jovens ficar acordados e se animando até tarde. A ideia de dividir equipes e fazer uma gincana foi muito boa. Foi uma maneira de fazer todo mundo participar sem ter vergonha ou medo", explicou João Pedro Pacheco Souza, 17. Ele também elogiou os jogos virtuais e parabenizou o diretor Éverton e os professores envolvidos.

Alguns pais também participaram do Corujão. Cristiane de Souza, mãe de João Pedro, 13 anos, passou a noite na escola junto com o filho. Ela elogiou a iniciativa. Enquanto ele jogava, Cristiane ficou conversando e até ajudando na organização.

Marcelo Miranda
Jornalista -- MTb. 6824

 

Fale conosco