Toxicologia in silico: Prática e aspectos regulatórios

Apresentação: 

O curso visa introduzir o aluno no emprego de metodologias computacionais (ou  seja, in silico) voltadas para a predição de efeitos toxicológicos, como mutagenicidade (teste de Ames) e aberração cromossômica (micronúcleo), tomando como referência a legislação vigente, especificamente a normativa RDC 53/2015 (ANVISA) e a diretriz ICH M7 (OECD).

 Objetivos:

  • Discutir as metodologias in silico de predição de toxicidade no contexto do desenvolvimento e registro de fármacos, medicamentos e demais produtos aplicados à saúde e bem-estar.
  • Introduzir o aluno no uso de programas que utilizam metodologias (Q)SAR para a predição de endpoints toxicológicos.
  • Orientar e discutir as melhores formas de interpretação dos resultados das técnicas utilizadas.
  • Discutir as vantagens e limitações das técnicas utilizadas.

Público-alvo: 

Alunos e profissionais das áreas de Farmácia, Biomedicina, Química e Ciências Biológicas.

Conteúdo programático:

  • Teórica: Quimioinformática e metodologias (Q)SAR: Relações (Quantitativas) Estrutura-Atividade. Coeficiente de similaridade. Métodos Baseados em regras e métodos estatísticos. Considerações sobre o Domínio de Aplicabilidade. Diretrizes RDC 53/2017 e ICH M7.
  • Prática: Primeiros passos: uso de bancos de dados toxicológicos e de substâncias químicas. Editores de fórmulas químicas. Conversão entre formatos de estrutura 2D: SMILES e SDF. Uso da suíte de programas VEGA HUB. Interpretação dos resultados.
  • Teórica: Emprego de abordagens read-across para solução de problemas relacionados com a falta de dados (gap filling).
  • Prática: Uso da suíte de programas T.E.S.T (Toxicity Estimation Software Tool). Interpretação dos resultados. Comparação entre resultados entre as suítes VEGA e T.E.S.T.
  • Teórica: Discussão dos usos, limitações e aplicações das metodologias in silico para fins de desenvolvimento e registro de produtos aplicados à saúde e bem-estar.

Pré-Requisitos:

  • Trazer Notebook

Público-alvo: 

Alunos e profissionais das áreas de Farmácia, Biomedicina, Química e Ciências Biológicas.

Ministrante:

Hermes Luís Neubauer de AmorimPossui graduação em Quimica pela Universidade Luterana do Brasil (1994), mestrado em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1997) e doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2003). Atualmente é professor adjunto do Curso de Química e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Genética e Toxicologia Aplicada, modalidade Mestrado Profissional, da Universidade Luterana do Brasil (ULBRA). Tem experiência na área de Química, com ênfase em Modelagem Molecular, Quimioinformática e Bioinformática, atuando principalmente nos seguintes temas: bioinformática, simulação por dinâmica molecular, relações estrutura-função de macromoléculas biológicas, toxicologia in silico, descoberta e planejamento agentes terapêuticos.

*Válido para horas complementares.

Modalidade Presencial
Carga Horária 13 horas
Período De 08/05/2020 a 09/05/2020
Horário Sexta-feira 08/05 das 14h às 17h30min e das 18h30min às 22h e dia 09/05/2020 das 09h às 12h30min e das 13h30min às 16h
Inscrições De 06/12/2019 a 06/05/2020
Vagas 19
Local à definir.
Investimento Forma de pagamento
Inscreva-se agora

Galeria de Fotos

Documentos

ULBRA Canoas - Avenida Farroupilha, 8001 · Bairro São José · CEP 92425-900 · Canoas/RS
Telefone: + 55 51 3477.4000 · E-mail: