Facebook Twitter

Vestibular Contínuo 2015/1

Publicado em 29/01/2015, em Uncategorized.

postarEstão abertas as inscrições para o Vestibular Contínuo 2015/1 da ULBRA Manaus. Inscreva-se agora mesmo e não perca tempo. As inscrições estão no valor de R$20,00. São 11 cursos na modalidade presencial e 20 cursos na modalidade de Ensino a Distância. Venha viver uma nova história! Para maiores informações sobre datas, horários e inscrição Clique Aqui.

Resultado do vestibular realizado em 20.01.2015

Publicado em 23/01/2015, em Uncategorized.
flyer2015_1_frenteNo dia 20.01, a ULBRA Manaus realizou uma etapa do seu Vestibular Contínuo 2015/1. Confira a lista de aprovados:
ALCEMIR ALVES DOS SANTOS
ANTONIO HIROIAQUE ALVES
AUZIER GARCIA DE SOUZA NETO
CARLOS WILLIAM CAVALCANTE BENTES
DANIEL JONATHAS MESQUITA DE SOUZA
DEBORA DA SILVA NASCIMENTO
EDUARDO DE LIMA MUNIZ
ELTON NASCIMENTO DE OLIVEIRA
GABRIEL MUCCINI RIVAS
JEAN JAMES DA SILVA ABREU JUNIOR
MATHEUS PIRES DE ABREU
REBEKA CARREGOSA SOCORRO
WILLIAM DENNES GUIMARAES QUISPE
WOTONNY NATAM SOUZA DE ALBUQUERQUE
YAGO LUIZ FERNANDES DE ALMEIDA
Clique aqui Para conferir seu desempenho individual.

ULBRATECH Manaus sedia Evento sobre Edital de Incubadoras

Publicado em 19/01/2015, em Uncategorized.

IMG-20141219-WA0005

Nesta segunda-feira (19.01), foi realizado na ULBRA Manaus o  ‘Diálogo sobre o Edital do Programa de Apoio a Incubadora – Pró-Incubadoras (Edital 019/2014)’. O evento, é resultado da parceria com a Associação Nacional de Entidades promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), faz parte de um convênio de cooperação do Governo do Estado, via Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), cujo objetivo é promover o desenvolvimento do empreendedorismo no Estado e a gestão de excelência, por meio das incubadoras.

De acordo com a superintendente executiva da FAPEAM, Sheila Oliveira Pires, o curso é uma oficina de alinhamento, na qual foram apresentadas informações, técnicas e dicas importantes para a elaboração de projetos. Ela explicou que as atividades desta cooperação envolvem o apoio para a implantação de novas incubadoras no Amazonas, principalmente no interior do Estado, e o aperfeiçoamento das incubadoras existentes. “Espera-se aumentar o número de empreendimentos inovadores e gerar empresas mais competitivas para o mercado”.

Para promover a inovação em um estado continental como o Amazonas, segundo Pires, é necessário a interiorização das ações, o estímulo à geração de empreendimentos que tenham como base as vocações locais/regionais e a valorização das competências desenvolvidas no Estado.

Conforme a diretora-presidenta da FAPEAM, Maria Olívia Simão, a intenção é fazer o chamamento para que todos os gestores de incubadoras e de Núcleos de Inovação Tecnológica (NIT) participem do evento. “Queremos promover a melhoria e o crescimento do número de incubadoras no Estado. Consequentemente, as empresas incubadas também serão beneficiadas. Temos incubadoras em Tefé e Presidente Figueiredo, por exemplo, mas queremos ampliar esse número”.

© ULBRA